# Histórias d’O Melhor Natal de Sempre: Midnight Fable – uma fábula no bosque encantado

# Histórias d’O Melhor Natal de Sempre: Midnight Fable – uma fábula no bosque encantado

Midnight Fable bosque _O Melhor Natal de Sempre _DeBORLA_Deblog

O Melhor Natal é aquele que nos aconchega a alma e o pensamento com momentos doces e ternurentos. É aquela época em que a saudade nos acalenta o coração com memórias boas e quase encantadas. A nossa casa, a nossa família, e aqueles momentos únicos que têm um lugar especial nas nossas memórias. Nas Histórias d’O Melhor Natal de Sempre, encontramos na voz de uma mãe uma fábula encantadora contada aos seus filhos: Midnight Fable. A magia d’O Melhor Natal de Sempre acontece na simplicidade de uma história para adormecer.

“Gosto de contar histórias mágicas aos meus filhos. A atenção deles prende-se nas personagens, nas aventuras, no fascínio pelo imprevisível, mas acima de tudo no sonho semeado por uma história mágica e a mensagem que da mesma eles possam retirar.

Chegado o tempo frio de outono e inverno, mais vontade tenho de aquecer os corações e imaginação dos meus pequenos príncipes com estes momentos tão nossos e tão plenos de emoção e ternura. Aqueles em que nem uma manta preciso para me aquecer, graças ao colo que lhes dou enquanto os nossos imaginários viajam entre as personagens e peripécias imaginadas.

Há dias, vagueando numa loja, descobri O Melhor Natal de Sempre! Rendi-me a uma coleção que dava pelo nome de Midnight Fable. Simplesmente conquistou-me pela sua simplicidade que nos remete para a natureza tão genuína como só ela é.

Já em casa, à noite, quando aquelas três doces vozes ecoaram do cimo das escadas “-Mamã, hora da história!?” dei por mim a sorrir sobre a imagem dos animais do bosque que vi naquela loja. Et voilá! Já tinha o mote para a história de hoje.

“- Hoje a mãe traz uma história diferente, uma história mágica com animais do bosque!” Naqueles olhinhos nasceu um súbito entusiasmo, curiosidade e silêncio para ouvir a quase surpresa que anunciei.

“- Esta não é uma história qualquer, é uma fábula.” Disse eu em tom de aviso para despertar ainda mais a atenção.

“- O que é uma fábula, mamã?” perguntou o Pedro.

“- Uma fábula é como uma história em que os animais nos ensinam algo muito especial. Esta fábula passa-se num bosque encantado, habitado por animais mágicos e cheios de sabedoria! Neste bosque os animais ensinam coisas preciosas uns aos outros. E por isso é que têm uma vida extraordinária!

À entrada do bosque havia uma planície onde diariamente um pastor levava as suas ovelhas. Nesse dia, o pastor adormeceu e o seu cão que estava mais preguiçoso que nos outros dias, e com o dono adormeceu também. No meio desse sono algumas ovelhas decidiram entrar no bosque. As ervas do bosque eram mais tenras e saborosas! Sem a noção do desconhecido, foram entrando no bosque a ponto de perder o rumo do caminho de volta… A noite no bosque parece cair mais cedo pela sombra forçosa das árvores. Cansadas e com frio, as ovelhinhas procuravam um abrigo. Encontraram um grupo de pequenos e gentis ouriços, a quem perguntaram onde podiam abrigar-se. Os ouriços, indicaram umas pequenas cabanas de madeira que se encontravam mais adiante. As ovelhas, avistadas pelos traquinas esquilos que percorriam os ramos das árvores, seguiram em frente e encontraram as cabaninhas para pernoitar mais confortavelmente.

Depressa a notícia de “ovelhas no bosque” se espalhou e chegou até às astutas raposas. “Perigo!” pensaram as renas e veados. Estes animais, conhecidos pela entreajuda, depressa fizeram com que a notícia chegasse aos mochos e corujas. Com tantos animais espalhados, o bosque tem um sistema de “correio” bem eficaz, e as árvores também dão uma ajuda! Foi assim que os mochos e corujas, aves atentas, observadoras e pacíficas, respeitadas por todos no bosque, depois de conversarem sobre a melhor forma de evitar desavenças naquele bosque encantado conhecido pela paz e harmonia, voaram até aos ramos do pinheiro mais próximo das pequenas cabanas de madeira. Num sonoro canto, os mochos e corujas conseguiram a atenção das ovelhas e assim atraí-las à entrada das cabanas. As raposas já se aproximavam… tinham de ser rápidas e convincentes!

“- Boa noite amigas ovelhas! O que vos traz a este bosque é maravilhoso, nós sabemos porque o conhecemos e sabemos como é bonito e encantado. Mas quando não conhecemos bem, há que ter cuidados redobrados. Viemos avisar-vos que o pastor está aflito à vossa procura. Certamente também preferem ir para vossa casa, onde os vossos pais vos esperam preocupados!”

“- Sim, sim…” responderam as ovelhas ora estremunhadas ora surpresas. “-E como fazemos para ir embora? Já não sabemos o caminho de volta!”

“-Não se preocupem. As senhoras renas e os senhores veados vão escoltar-vos até à entrada do bosque onde o pastor vos procura. Assim não vão enganar-se em qualquer clareira que vos distraia.”

E assim seguiram as ovelhas rodeadas pelo fiel grupo de renas e veados. Sobre si pairavam milhares de pirilampos a alumiar o caminho escuro. Quase parecia o cintilar de uma gigante árvore de natal, ou estrelas brilhantes no céu baixo. Os mochos e corujas acompanhavam satisfeitos o sucesso dos seus conselhos. E as raposas retomaram às suas tocas sem sucesso na sua caça.

Chegados à entrada do bosque e avistando o pastor, as renas e veados subitamente desapareceram. Os pirilampos dispersaram. Os ouriços avisaram os esquilos que por sua vez avisaram todo o bosque que as ovelhas estavam a salvo.

O pastor, mais preocupado do que zangado, sorriu ao contar as suas ovelhas uma por uma, sãs e salvas da ameaça do bosque.

“- Vitória, vitória, acabou-se a história!” e aqueles olhinhos entreabertos renderam-se ao sono.

No dia seguinte, depois da escola, passei na loja em que vi a coleção Midnight Fable. Os meus filhos deliciados por tudo o que viam à sua volta na coleção d’O Melhor Natal de Sempre, reparando nos animais ali expostos, depressa me rodearam:

“- Mamã, mamã! Este animais podem ser os da fábula que nos contaste ontem?”
E assim se comprova que qualquer sonho é possível n’O Melhor Natal de Sempre.”

 

Coleção com preços válidos de 09 de novembro a 24 de dezembro de 2018; disponibilidade dos artigos limitada ao stock existente.

# Histórias d’O Melhor Natal de Sempre: Midnight Fable – uma fábula no bosque encantado

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *